Páginas

19 de maio de 2009

SP distribui livro com palavrões para escolas estaduais

De novo!
Primeiro a Secretaria Estadual de Educação distribuiu livros didáticos com erros grotescos - Bolívia e Paraguai juntos, dois Paraguais e além de banhar o Paraguai com o mar, como ele nunca foi!
Agora mais essa! Do jeito que anda as coisas no estado de São Paulo o próximo material a ser distribuído nas escola será algo do tipo "Descubra os 7 erros neste livro didáticos".


SP distribui livro com palavrões para escolas estaduais

Material era indicado para alunos da 3ª série.
Secretaria de Educação disse que material já foi recolhido.

Do G1, em São Paulo


A Secretaria Estadual da Educação de São Paulo distribuiu a escolas um livro com histórias em quadrinhos com palavrões e conotação sexual. Indicado para alunos de nove anos da terceira série do ensino fundamental, o livro "Dez na Área, Um na Banheira e Ninguém no Gol", com 11 histórias em quadrinhos de vários autores sobre futebol, chamou a atenção de coordenadores pedagógicos.

O material seria usado no programa Ler e Escrever, que reforça a alfabetização de crianças, e os alunos poderiam levar o livro para casa ou usar na própria escola.

A secretaria confirmou a compra dos livros, mas informou que esse foi apenas um dos mais de 800 títulos comprados. Segundo a pasta, foram distribuídos 1.216 exemplares, menos de 1% dos livros colocados à disposição das crianças. Os livros começaram a ser entregues às escolas na semana passada.

O governador José Serra (PSDB) disse que houve "falha" na escolha, pois o material é "inadequado para alunos desta idade", e que já determinou o recolhimento da obra. Disse ainda que foi aberta uma sindicância e os responsáveis serão punidos. Os resultados da sindicândia devem sair em 30 dias.

Esse é o segundo caso de problemas com o material escolar registrado nas escolas estaduais de São Paulo neste ano. Em março, alunos da 6ª série do ensino fundamental receberam livros em que o Paraguai aparecia duas vezes no mapa e a Venezuela foi esquecida.

Nenhum comentário: